Rio CVB investe na captação de eventos de saúde e esportes

Notícias recentes sobre o que acontece de mais importante voltar

Conferência Mundial sobre Determinantes Sociais em Saúde – foto divulgação

O Rio Convention & Visitors Bureau quer transformar a cidade do Rio de Janeiro para ser a capital brasileira de eventos relacionados à saúde e medicina. De acordo com dados do Rio CVB pelo menos 64 eventos do segmento estão confirmados para acontecer entre os anos de 2017 a 2024. Serão 171 mil congressistas previstos e receita estimada em US$ 258 milhões (dólares).

O ano de 2017 será responsável por 41 destes encontros, com receita estimada em US$ 138 milhões (dólares) e 89 mil especialistas aguardados. Entre os eventos com maior número de participantes está o Congresso Internacional de Ciências Fisiológicas, a ser realizado em agosto, o Congresso Brasileiro de Infectologia 2017, em setembro, o 20º Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica, em outubro, e o 13º Congresso Mundial de Medicina Crítica e Intensiva, agendado para o mês de novembro.

Até o momento, para os anos de 2018 a 2024 estão programados e confirmados 23 eventos ligados à medicina. Juntos, eles serão responsáveis por trazer ao Rio de Janeiro 82 mil pessoas, entre doutores e especialistas. De acordo com os cálculos do Rio CVB, os congressos, seminários e convenções deste período devem gerar uma receita potencial de US$ 120 milhões (dólares).

De acordo com Alfredo Lopes, presidente da ABIH-RJ e diretor do Rio CVB, o Rio tem vocação também para o segmento de esportes. “O Rio Convention & Visitors Bureau já conta, hoje, com 26 grandes eventos esportivos em fase de captação. Como é o caso do Gay Games 2026. Desde fevereiro, o Rio CVB e a International Gay and Lesbian Travel Association (IGLTA) iniciaram o processo de captação do considerado Jogos Olímpicos do segmento. Serão 12 dias de competição reunindo 15 mil atletas. O evento tem potencial de injetar na economia carioca US$ 40 milhões”, destaca.

Fonte: Mercado e Eventos